Crazy Horse

Usuário Growroom
  • Total de itens

    6
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

5 Neutral
  1. bom, fui no prédio da PF na Lapa de Baixo em SP no dia 28 e acabei esquecendo de postar aqui. compareci no horário solicitado acompanhado de uma advogada. enfrentamos uma filinha na porta e subimos pro 4° andar do DRE. apresentei meu documento ao funcionário do atendimento e esperamos em um confortável sofá azul. desejei ele na minha sala, era um belo sofá. depois de 20 minutos de espera um outro cara me chamou até a sala do delegado. ele nos levou até a salinha do delegado que era apenas uma divisória de repartição pública, não tinha clima de delegacia. o delegado sem nos olhar pediu pra gente sentar e perguntou se as cadeiras estavam confortaveis. eu disse que tava, mas não tava. após a pergunta básica "você sabe porque está aqui?", ele não parou de digitar, só parou para me encarar quando perguntou o que eu faria com as sementes e respondi que iria consumi-las (minha encomenda foi de argyreia nervosa). ele não entendeu como eu iria consumir aquelas sementes e quis saber mais, eu expliquei o processo de maceração e lavagem, ele entendeu e continuou digitando. expliquei que eu não sabia que era ilegal importar essas sementes. não lembro bem o que conversamos, mas o delegado foi bem tranquilo e ele mesmo redigiu meu depoimento sem a presença do escrivão. em momento algum ele demonstrou desrespeito ou ironia por eu ser usuário de drogas. não me perguntou nada referente a isso aliás. só queria saber quantas vezes comprei essas sementes pela internet, qual site, enfim. meu depoimento foi conduzido de forma favorável, teve até um "ele está arrependido" e eu em nenhum momento disse que estava arrependido, mas segundo minha advogada estar arrependido é um ponto favorável com o promotor e juiz (i don't know, whatever). parecia que eu nem precisava de um advogado comigo, não sofri abuso em momento algum e só no final ele perguntou se a advogada era minha advogada ou acompanhante. e no final ele me deu o número do inquérito para que eu pudesse acompanhar pela internet, inclusive correu até o elevador quando eu estava indo embora para dar o número correto. estou confiante que meu inquérito será arquivado porque o delegado viu que eu não sou nenhum bandido. segundo a advogada ele foi muito justo ao redigir meu depoimento e em todo o inquérito que será enviado ao MP. o delegado não quis me dar esperanças de que seria arquivado, mas acho que isso faz parte do trabalho dele. força pra quem ainda tem que ir até a PF. não percam noites de sono e nem deixe de se divertir por isso. se vc for uma pessoa honesta eles vão perceber. ainda assim recomendo ir acompanhado de um advogado porque nunca se sabe o tipo de delegado que você vai lidar!
  2. Comprei no site Semente de Maconha, eles me enrolaram pra caramba e acabou que não chegou o pedido!
  3. Valeu, Lepiu, pelo relato. Vou comparecer na PF dia 28/05. Com o que vc escreveu fiquei mais tranquilo. Assim que der meu dpmt, posto aqui como foi...
  4. Valeu, Big Cunha. Tô lendo tudo o que posso e confesso que é uma montanha russa de emoções. Tem momentos que fico otimista e outros quero sumir do mapa. Mas não tem outro jeito. Me responderam no e-mail SOS Juridico tbm. Mesmo eu estando aqui em SP me sinto apoiado. Valeu mesmo!! Mantenho vcs informados!!
  5. Já publiquei no tópico "Dúvidas Sobre Questões Jurídicas" e não tive resposta. Acredito que seja por conta das minhas perguntas que já foram respondidas nas primeiras páginas. Então vou compartilhar aqui o que está acontecendo comigo pra de alguma forma contribuir com o fórum. Continuo preocupado, mas a existência de fóruns como esse é muito importante pra quem está passando pelo mesmo tipo de situação. Se não fosse as leituras que faço aqui, estaria bem mais preocupado, o que não quer dizer que eu não esteja. Comprei, no ano passado, Argyreia Nervosa e LSA no site Semente de Maconha e ganhei umas sementes de cannabis de brinde. A encomenda nunca chegou e no começo de maio recebi uma intimação da Policia Federal Divisão de Repressão de Entorpecentes situada na Lapa de Baixo em SP. Quando abri a carta fiquei muito preocupado, eu nem lembrava mais das sementes. Digitei "intimação da policia federal" no google e logo encontrei esse fórum e li os relatos, daí lembrei da compra das sementes. Entrei em contato com um advogado que me indicaram e o cara foi muito ignorante. Assim que expliquei meu caso pra ele, o cara já veio perguntando "porque vc foi comprar essa merda", disse pra ele não era o caso discutir o caso no momento e que eu precisaria de um advogado para me acompanhar. Depois de conversarmos ele disse que cobraria mil reais para me acompanhar até o prédio da PF. O segundo se dizia advogado ativista, mas não me deixou falar nenhum minuto e só fez terror dizendo que eu já estava sendo investigado. Achei que ele tava falando demais e não sabia de nada, afinal. Tenho que comparecer no dia 28/05 e continuo preocupado, pq acho que não conseguirei um advogado pra ir até lá comigo. A não ser que esteja disposto a desembolsar mil reais. Estou lendo tudo o que posso aqui no fórum para me orientar e fazer o certo no dia do meu depoimento. Cada leitura é um sentimento diferente, pq cada post diz uma coisa diferente e quando é consultor jurídico as vezes me perco nos termos técnicos. Mas ainda assim tem sido proveitosa a leitura. Continuarei lendo os posts aqui e espero que dê tudo certo. Mantenho vocês informados do que acontecer lá!
  6. Olá, pessoal do Growroom Acompanho o site, mas é minha primeira vez aqui no fórum. Ano passado comprei umas sementes de Mornig Glory e LSAo no site Semente de Maconha e de brinde ganhei algumas sementes de cannabis. A encomenda nunca chegou, já tinha desistido. Essa semana recebi uma intimação da Polícia Federal Divisão de Entorpecentes (algo assim). Eu nunca plantei e por enquanto não tenho intenção de plantar, as sementes de maconha vieram junto coms as Morning Glory e LSA que eu queria experimentar, mas agora fui intimado. Tenho que comparecer no dia 28/05, já consegui um advogado, contudo ainda não falei com ele. Mas sei que ele não é dessa "area" e não conhece o assunto. Como eu posso ajuda-lo a entender melhor a causa? O que devo responder a Polícia Federal? O que pode acontecer comigo? Obrigado!