Leaderboard


Popular Content

Showing content with the highest reputation since 03/01/19 in all areas

  1. 7 points
    Esses ditos "grower´s" que votaram no tal "presidente das pessoas de bem" entendem tanto de política quanto uma MACACO sabe de computação gráfica, não to vendo nenhum deles agora comemorando a nova política de drogas desse governo atual, bando de hipócritas podres vocês são um câncer para a evolução da cannabis e da política de Drogas no Brasil, acabamos de andar 30 anos para trás com esse política de Abstinência, vocês me enojam e o pior de tudo que quem vai sofrer é os manos periféricos, os irmãos negros, caboclos, indígenas e vocês ai sentados no seus troninhos de classe média com esse pensamento torto e deturpado, vocês são podres vocês merecem uma dose molotov!!!
  2. 7 points
    Você entrou na área de "Informações Básicas" sobre CULTIVO da Cannabis, faz uma pergunta dessas, sobre um assunto que já foi vastamente discutido nesse forum (utilize a busca), e não quer ser reprimido/a? O que você você acha que vai acontecer se você ficar expondo seu pulmão ao mofo? MOFO, seja da Cannabis ou proveniente de qualquer fonte, pode sim te causar danos sérios à saúde. O comentário do amigo falando sobre ser pleonasmo, nada mais quer dizer que: Praticamente 100% dos prensados possuem mofo, então todo mundo que fuma ou já fumou em algum momento, inalou mofo, inclusive eu aqui. Se vai te matar? Obvio que não, ou você já estaria morto/a ou sentindo algum efeito negativo disso. Agora... Ficar se expondo ao mofo pode sim te prejudicar a curto, médio ou longo prazo. É uma roleta russa. Esse fórum tem o intuito de discutir também a redução de danos, mas a maneira como você perguntou fez parecer uma brincadeira de alguém querendo tumultuar ou chamar a atenção - coisa que tem vários aqui querendo fazer. A resposta pra sua pergunta? Você está no maior fórum de cultivo canábico da América Latina. Aprenda algo, começe a cultivar a sua propria erva. Assim você curte um novo hobby, se conecta com a mãe natureza e para de fumar essa merda prensada. Te matar até o ar que você respira é capaz de fazê-lo, e fumar prensado vai prejudicar a sua saúde muito além do que o próprio hábito de fumar já o faz. Ps: Pare com esse papo de macho escroto. Ninguém tá reunido aqui pra ficar fazendo guerra de gênero. Esse fórum aqui é a maior influência da luta contra o tráfico de drogas no Brasil, além de ser o precursor do uso medicinal da Cannabis, tendo ajudado MUITA gente em diversas situações, e perdura na luta desde 2002. Chegue com mais humildade, ou se vá. Boa sorte.
  3. 6 points
    Já vi algumas. Red Devil OG (não lembro o breeder), Red Mandarine da Sweet Seeds que vai de roxo a vermelho. Tinha um projeto do Strainhunters chamado inicialmente de Red Strain. Eles chegaram a distribuir algumas sementes pros membros do fórum deles, mas parece que nunca entrou em catálogo. Ela tinha um tom vermelho-sangue intenso. Até os tricomas ficavam vermelhos. Parece que era um cut de Colombian Red Point com uma Afgooey que saiu roxa-avermelhada. Daí começaram a trabalhar ele com uns cuts Chitral Kush, etc. No fórum strainhunters tem mais detalhes.
  4. 6 points
    Mães de sementes feminizadas não são hermafroditas. A prata apenas age como um bloqueador de hormônio feminino e isso faz com que a planta solte flores masculinas. Mas geneticamente a planta não "herma", ela continua fêmea pura. Quando para de aplicar o produto ela para de soltar bolas. E só se reverte plantas que não são hermas. Se for herma não presta pra reversão. Claro que aconselho plantar as sementes eventuais que apareçam nos buds, apenas evitem breeding com plantas hermafroditas.
  5. 5 points
    # TIPOS DE SUBSTRATOS Quando comecei meu primeiro cultivo tive muitas dúvidas com os substratos, pois nunca tinha cultivado qualquer tipo de planta. Por esse motivo fiz esse tópico, para mostrar e falar um pouco dos principais substratos utilizados. Espero que seja útil, boa leitura. Substrato Inerte Substrato inerte é um substrato que não contém nenhum nutriente, ou os contém em níveis mínimos. Esse tipo de substrato ajuda a aumentar a drenagem do solo e ter uma maior retenção de oxigênio. Os substratos inertes também são muito usados em clones. É aconselhável colocar de 30% a 40% de substrato inerte no solo, porém tem pessoas que trabalham com quantidades diferentes e mesmo assim conseguem bons resultados, já que não há receita pronta. Fibra de Coco (Inerte) A fibra de coco pode ser comprada em qualquer loja de jardinagem, também pode ser feita em casa como mostra esse tutorial do GrowRoom feito pelo Dr. Green. O preço varia entre R$ 8,00 e R$ 18,00 que pode ir de 8Kg a 20Kg dependendo da marca e de onde se compra. As melhores marcas (na minha opinião) são Coquim e Amafibra. É importante ferver a fibra de coco antes de usá-la para tirar as impurezas. Alguns cultivadores ignoram esse fato e tem colheitas proveitosas, porém eu aconselho ferver a fibra antes de usar. Perlita (Inerte) A perlita expandida como também é chamada é um material feito apartir da perlita, um mineral vulânico semelhante a areia, mas que possui uma quantidade de agua em seu interior e quando aquecido explode e o resultado é uma pipoca de rocha. É ótimo para drenagem já que mais de metade da perlita é oxigênio, o que é ótimo para as raízes da planta. É importante tomar cuidado com o pó que sai da perlita, o correto é molhar a perlita antes de usar, assim o pó ou fica grudado nela ou fica no fundo do saco. O preço da perlita vai de R$ 10,00 a R$ 30,00 pode ir de 500g a 2Kg. Turfa (Inerte) A turfa é um material de origem vegetal que demora muitos anos para se transformamar, são encontrada em regiões pantanosas. A turfa tem tendencia a deixar o PH ácido, por isso é bom tomar cuidado na hora de colocar na mistura do solo e sempre medir o PH antes. Uma das principais qualidades da turfa é reter ate 20 vezes o seu peso em água, assim a rega pode ser menos regular. O preço da turfa varia de R$ 9,00 a R$ 40,00 o preço realmente varia muito de acordo com a qualidade do produto, por isso não tem como colocar a quantidade. Vermiculita (Inerte) A vermiculita ou vermiculita expandida como pode ser chamada também, é um dos substratos que é produzido com o auxílio do calor, como a perlita. Tem a capacidade de guardar nutrientes e 5 vezes o seu peso em água, assim sendo ótima para areação e retenção de água. O preço pode variar de R$ 8,00 a R$ 14,00, pode ir de 5L a 10L. Esterco O esterco é obtido fácilmente em grande parte dos lugares, também pode ser comprado em lojas de jardinagem. Estercos são ricos em vários nutrientes, é um bom investimento para o solo. Existem diversos tipos de esterco, os mais comuns no cultivo de cannabis são os de, morcego, coelho, frango, ovelha, cavalo e o de porco. O preço pode ir de R$ 2,00 a R$10,00 de 2Kg a 20Kg (é o preço na minha cidade, talvez por ser interior seja mais barato). Farinha As farinhas de forma geral tomam a estrutura do solo mais porosa, beneficiando a oxigenação das raízes. Existem diversos tipos de farinha, dentre eles tem peixe, sangue, osso e conchas. O preço vai de R$ 5,00 a R$ 10,00 pode ir de 500g a 1,5Kg. Húmus O húmus ou humo como também pode ser chamado é o composto orgânico feito da decomposição de diversos organismos, pode ser acelerado com o auxílio de minhocas. Na formação do húmus há liberação de diversos nutrientes, mas é de especial consideração a liberação de nitrogênio. O húmus tem um custo de R$ 2,00 a R$ 20,00 pode ir de 1Kg a 10Kg. Torta A torta é feita de parte de plantas ou vegetais. Contém muitos nutrientes, assim sendo muito ultilizada, favorece também a assimilação rápida pelo solo e aproveitamento ao máximo das regas.O preço pode ir de R$ 8,00 a R$ 16,00 pode ir de 1Kg a 1,5Kg. A ordem dos tópicos foi tirada do livro do "Cannabis Medicinal - Introdução ao Cultivo Indoor, de Sergio Vidal", aconselho a todos comprar esse livro, ele é excelente. Todas as informações foram pesquisadas na internet ou foram de minha autoria e aprendizado. Os preços foram medidos de acordo com o Mercado Livre.
  6. 5 points
    Ta rolando muita cofusao no forum principalmente por parte de iniciantes e growers intermediarios!! Sem mais delongas, vamos aos fatos!! To cansado de ver gente com o seguinte setup: Humus Turfa Perlita Fibra de coco E a pessoa comprando phmetro e condutivimetro!! 😱😱😵😵 Se vc trabalha com materia organica no substrato, os seus nutientes estao nos Coloides!!!! E vc nao consegue alterar facilmente o pH. Que no caso de solos é medido pela quantidade de Hidrogenio+Aluminio adsolvidos nos coloides... É completamente diferente do caso da Hidroponia, que utiliza substrato 100% inerte, onde os nutrientes estao dispersos na solução a disposiçao das plantas e ai sim pH, condutividade da solução, dureza da agua, td isso vai interferir no cultivo.. Mais em HIDROPONIA!!!!!! Falou em materia organica no substato esquece o pH, a nao ser que mande para um laboratorio de analise de solo, essas "leituras" de run off nao valem NADA, vc nunca vai saber o verdadeiro pH e a disponobilidade de nutrientes..pHmetro de mercado livre entao, nao vale NADA.. Falou em Materia organica, terra vegetal, turfa falou em Troca Cationica.. Os conceitos da hidroponia nao se aplicam aqui.. Apenas corretivos como calcario irao alterar o pH do solo, aguinha de torneira, chuva e bla bla altera em nada durante o ciclo.. Vai levar anos e anos.. a nao ser q seja uma agua extramamente acida.. e na torneira nao se axa isso, muito menos em poços..muito raro ,dependendo da regiao uma chuva acida no ano pode sim causar prejuizos. Mais com esses setup o pessoal ta jogando agua mineral, querendo nutrir com adubo foliar e pra cagarw tudo quer fazer leitura da soluçao,medir pH, EC e pra finalizar a cagada leitura de run off!! Kkkkkkk Gente. A nao ser que seu subtrato seja 100% eu disse 100% inerte parem de se preocupar com EC, pH e Dureza da água!! Isso é importante e indispensavel para a HIDROPONIA, se por humus e/ou terra vegetal e/ou turfa e etc esqueceee tudo isso!! Eh so aparecer uma planta c a pontinha e/ou borda da folha queimada (deficiencia de potassio) no periodo vegetativo e adivinha quem é o culpado?!!! 90% dos problemas que vejo aqui no Forum são taxados como Overfert ou pH, sendo que na verdade essas plantas estao morrendo é de FOME!! Lembrem-se!! Menos é mais!! Fica aqui meu desabafo e indignaçao e que comece o debate!! Pazz!!!
  7. 5 points
    Cruza de planta regular com planta auto é de +-75% de vir regulares e 25% de virem auto. Problema maior é identificar isso, só conforme germinar e ir crescendo pra descobrir. O que eu fazia bastante era cruzar auto com auto, mas no meu caso era auto de sexo regular, então o processo de cruza é padrão, macho auto com fêmea auto = 100% seeds auto de sexo regular. Obrigado por lembrar de mim rsrsrsrs. Abraços
  8. 5 points
    Salve @Akavanger, vai um tempo pra vc colher essa planta ainda, mas se liga na organização do forum, aqui é topico pra discutir strains.. da uma lida nesse topico aqui pra vc saber quando deve colher, bons estudos, bom cultivo! O galera, agora uma pergunta... alguém já viu alguma strain vermelha assim?? é real essas cores?? ja vi varios tons de roxo, mas vermelho assim nunca tinha visto Pakistan Chitral Kush - Cannabiogen
  9. 5 points
    @Ganjah Man Meu objetivo aqui é ajudar as pessoas, se teu não é esse, vaza. Agora, por favor, pare de flodar os tópicos. O que você fez é pior ou equivalente ao que o cara aí fez. Você esta criando furdunço para aparecer e isso é lamentável. O fórum não é meu, não é seu. Não sou moderador, você também não. Não tá gostando, beleza, é só clicar no botão fechar e ir viver a vida, se é que você tem uma, pois quem perde tempo com nostalgia falaciosa, ao meu ver, não tem. Outra coisa. O argumento "a que eu tenho mais tempo de fórum e novato só faz coisa errada" é vergonhoso. Se continuar assim só vai sobrar você, porque esse comportamento agressivo voltado aos novatos não ajuda. Ninguém consegue conviver por livre e espontânea vontade com gente tóxica que só reclama e não ajuda.
  10. 5 points
    Salve, irmão Yusk! Tú tem um tempo de fórum! Será que me vê por aqui agindo como um ranzinza, reclamando à toa com os novatos sem saber o que falo? Neste caso do irmãozinho desesperado aí, será que foi um "problema técnico" que publicou os 3 tópicos repetidos, porém um aqui em "informações básicas", outro em "diários de cultivo indoor" e outro em "diários de automáticas"? Esse problema técnico deve ter sido dos grandes e complexos!
  11. 5 points
    eu tentei ajudar com o conhecimento que eu tenho. realmente não respondi a sua pergunta, mas isso não justifica a sua falta de educação. Essa agressividade gratuita que você demonstrou não é normal. Deve ter alguma coisa séria te tirando do centro para vc reagir assim com as pessoas que tentaram te ajudar. Talvez uma ajuda psicológica seja oportuna. boa sorte aí na sua dúvida irmão!
  12. 5 points
    Vai, mas não agora. Você vai contrair uma infecção pulmonar que deve te matar aos poucos. Espero ter ajudado.
  13. 5 points
    Nunca usei coador de café mais deve dar sim, a pesar de ser pequeno. Depois coloca na panela elétrica de arroz sim, a temperatura ideal entre 80 e 100 C. Fica esperto no final da evaporação, pra adicionar uma merreca de água, se não o óleo fica muito duro depois de frio e ruim pra tirar as doses, a quantidade depende de quanta tintura foi evaporada, mais geralmente em torno de uma colher de chá com água, vc adiciona quando tiver uns 50 ml de tintura evaporando, tendo em vista que ela já evaporada ficaria em torno de 15 ml, assim vai evaporar todo o alcool, e boa parte da água adicionada, ficando somente o suficiente pra deixar a textura do óleo como pasta, facilitando as dosagens. Abraço.
  14. 4 points
    Feliz por encontrar tanta informação de qualidade! Salve GR!
  15. 4 points
    Franco Loja escreveu no StrainHunters sobre a Manga Rosa brasileira https://novaamsterdam.com.br/2018/08/20/manga-rosa-pink-brain-greenhouse-franco-strainhunters/
  16. 4 points
    @Prof-Pardal, faz 9 anos que uso o growroom antes anonimamente e a quase 2 anos sou membro, ainda não abri nenhum tópico pois todas as minhas dúvidas foram sanadas em tópicos existentes ou diários de cultivo, o problema acho eu que na hora da pesquisa em vez de escrever palavras chaves, escrevem frases chaves(kkkkkk) aí não encontram nada, e também tem aquele tipo de pessoa que tem a síndrome de ultimo biscoito do pacote, sei lá, mas como você disse a galera experiente está cada vez entrando menos no fórum, uma pena pois devo tudo que eu sei sobre cultivo a esse fórum e a galera que faz ele somando nas atitudes, e @Ganjah Man tu ta certo brother eu vi um tópico sendo criado atrás do outro como se fosse acabar o mundo não é assim que funciona o fórum, infelizmente tem que existir regras pois se o ser humano soubesse respeitar o espaço de cada um tudo fluiria naturalmente, mas é isso aew brothers abraços e a paz de Jah....
  17. 4 points
    isso é falta de uma moderação ativa. e acho isso uma infelicidade, porque enquanto um usuário é ajudado, vários são prejudicados. essas folgas são frequentes aqui e quase nunca são reprimidas, pelo contrário até, são estimuladas sendo respondidas. dias atrás, rolou a mesma situação, um usuário abriu vários tópicos em seções diferentes. eu o questionei sobre o motivo, a resposta do cara foi "para ter uma resposta mais rápida". o meu entendimento é o que esta casa já está repleta com quase todas as respostas para o questionamento de um iniciante. Quem tem uma capacidade cognitiva maior e não é folgado, vai atrás, pesquisa e no máximo escreve procurando uma confirmação das conclusões que ele tirou da leitura. quem é menos capaz, ou é folgado mesmo, faz esse tipo flood. polui o fórum para o usuários atuais e para os futuros, que ao tentarem fazer uma pesquisa vão ter que tratar desse excesso de tópicos inúteis. eu já moderei durante anos alguns fóruns de temas diversos. nunca vi este tipo de complacência da moderação. Em algum desses fóruns, esta atitude resultava em banimento sumário, como previsto nos seus regulamentos.
  18. 4 points
    Sério mesmo que ninguém sabe o que é isso? Pqp... Geração nutella acabou com a casa... Pra ter ficado pior só faltou ter começado com a frase depois de ter estudado muito resolvi começar meu primeiro cultivo.... E depois ter postado o problema pedindo ajuda... kkkkkkkkkkkkkkk
  19. 4 points
    Ah não, mermão! Tú mal chega aqui já sai abrindo 3 tópicos iguais!? Não tá na tua casa pra chegar fazendo zona não, irmão! Se vc mesmo não sabe o que tá acontecendo, quer que alguém aqui adivinhe? Ao invés de abrir um tópico só na moral, de preferência um diário de cultivo seu pra não bagunçar o fórum, dizendo direito o que tá acontecendo, como tá cuidando da planta, qual o tipo de solo, com que frequência e que quantidade rega elas, temperatura média do grow, etc, enfim, dar informações suficientes pra alguém poder ter chance de entender o que tá acontecendo com a sua planta e te dar alguma dica, não, vêm todo desesperadinho abrindo uma porrada de tópico repetido e inútil e ainda por cima querendo que apareça um adivinho pra te dar uma solução mágica de mão beijada, mesmo sem ninguém ter a menor noção do que que tá rolando aí! Pára de abrir tópico inútil, repetido, à toa e aproveita o fórum para estudar, que vc tá precisando! E mais respeito com a casa que não é só sua nem da mãe joana, é da Maria Joana e isso quer dizer que é lugar de respeito, não de zona!
  20. 4 points
    Opa, valeu pelas dicas, hoje fiz todo o procedimento certinho, a principio tudo ok. Só no final para dissolver no azeite, depois que misturei, ainda ficou uns pedacinhos do oleo que ficou a borrachinha e nao dissolve de jeito nenhum no azeite. Ate deixei em banho maria o azeite com a erva, mas ainda ficou. Como fazer nestes casos ? kkk Vai ser utilizado no conta gota. Valeuu
  21. 4 points
    Passando no fórum pra matar as saudades das meninas dos amigos. Cultivo segue a todo vapor, mas anda faltando tempo e sobrando leseira pra atualizar o diário. Vibes e buds!!
  22. 4 points
    Acontece até com certa frequência. Já tive aqui também. A Cannabiogen, por exemplo, vende a Peyote Purple "feminizada" deles como regular porque aparecem machos esporádicos. A OGKB é um inbreeding de um macho e uma fêmea que saíram de sementes hermas da cookie original. Independente desse "macho" vir a soltar pistilos ou não, provavelmente deve ser herma.
  23. 4 points
    ‘Breeding Is an Art Form’: An Interview With Cannabis Cup Champion Exotic Genetix https://www.leafly.com/news/industry/interview-cannabis-breeder-exotic-genetix Mike, a lenda pro trás da Exotic Genetix.
  24. 4 points
    Introdução. Os nutrientes minerais são elementos obtidos, principalmente na forma inorgânica, do substrato. A grande área de superfície das raízes e a capacidade das mesmas em absorver íons inorgânicos em baixas concentrações no substrato fazem da absorção mineral pelas plantas um processo bastante eficaz. Após absorvidos pelas raízes, estes elementos são translocados para diversas partes da planta, onde são utilizados em numerosas funções biológicas. A identificação destas deficiências não é simples e muito menos baseada apenas em características visuais, entretanto, a observação cuidadosa do plantado, seu funcionamento e as respostas visuais que as plantas fornecem podem ajudar a esclarecer o que está acontecendo. Informações relevantes são: Sintoma observado? Manchas, Abscisão (queda), Necrose Branca ou Preta de tecidos, enrugamento de margens das folhas, necrose das extremidades de crescimento (meristema apical e raízes), enfraquecimento e clorose (amarelamento) do caule, tombamento do vegetal, padrões de crescimento anormais, enfim, tudo o que possa ajudar ou que seja notado como estranho ao comportamento natural do indivíduo; Quando foi observado? Tempo que o sintoma começou a ocorrer ou foi percebido; Onde foi observado inicialmente? Em folhas jovens, velhas ou em ambas. Nas margens da folha, em sua base, entre suas nervuras, no caule; Como está sendo a evolução do quadro? Para onde está evoluíndo o sintoma, exemplo: "Clorose em folhas jovens que evolui para uma clorose geral do indivíduo." Como citado acima, a identificação não é simples, e este artigo não pretende ser um guia para tal, entretanto, estas perguntas ajudam a fornecer um panorama geral sobre o que está acontecendo. A observação diária de seu plantado é fundamental. Elementos minerais essenciais à nutrição vegetal Critérios de essencialidade * Na ausência do elemento a planta não completa o seu ciclo de vida; * O elemento deve fazer parte de um composto VITAL ou reações CRUCIAIS, sendo parte de algum constituinte para o metabolismo vegetal; * Não pode ser substituído e deve agir DIRETAMENTE na vida da planta. Classificação quanto a disponibilidade no vegetal: * Macronutrientes (1000mg/Kg de peso seco): N, P, S, K, Mg, Ca * Micronutrientes (menor que 100mg/Kg de peso seco): B, Co, Zn, Mg, Fe Classificação quanto a função bioquímica: * Grupo 1 - Nutrientes que fazem parte de compostos de carbono - N e S O primeiro grupo de elementos essenciais é formado pelos compostos orgânicos das plantas, assimilando-os por meio de reações bioquímicas envolvendo oxidações e reduções. * Grupo 2 - Nutrientes que são importantes no armazenamento de energia e na integridade estrutural - P, Si e B Os elementos deste grupo encontram-se comumente presentes nos tecidos vegetais sob a forma de fosfato, borato e ésteres silicato, em que o grupo elementar está ligado ao grupo hidroxila de uma molécula orgânica. * Grupo 3 - Nutrientes que permanecem dentro do vegetal em sua forma iônica - K, Ca, Mg, Cl, Mn e Na Presentes nos tecidos vegetais na forma de íons livres ou ligados a substâncias tais como ácidos pépticos, presentes na parede celular do vegetal. De especial importância são seus papéis como cofatores enzimáticos na regulação dos potenciais osmóticos. * Grupo 4 - Nutrientes que estão envolvidos em reações redox - Fe, Zn, Cu, Ni, Mo Os elementos deste grupo desempenham importantes funções em reações envolvendo transporte de elétrons. Elementos essenciais, suas funções e sintomas de deficiência N (Nitrogênio) Funções: - Componente essencial do protoplasma e de enzimas. Deficiência: - Enfezamento ou nanismo (padrões de crescimento não usuais) - Aparência esguia - Amarelamento ou avermelhamento prematuro das folhas velhas A deficiência de nitrogênio rapidamente inibe o crescimento vegetal. Caso esta deficiência persista, a maioria das espécies apresenta um quadro de clorose (amarelamento das folhas), sobretudo nas folhas mais velhas, próximas à base da planta. Sob severa deficiência de nitrogênio, estas folhas tornam-se completamente amarelas (ou castanhas) e caem. Folhas mais jovens podem não mostrar inicialmente tais sintomas pois é possível que o nitrogênio seja mobilizado a partir das folhas mais velhas. Assim, uma planta deficiente de nitrogênio pode ter folhas superiores verde-claras e folhas inferiores amarelas ou castanhas. Quando a deficiência de nitrogênio ocorre de for lenta, é possível que as plantas tenham caules pronunciadamente delgados e comumente lenhosos. Este caráter lenhoso deve-se, provavelmente, a um acúmulo excessivo de carboidratos que não serão utilizados na síntese de aminiácidos ou de outros compostos nitrogenados. Estes carboidratos não utilizados no metabolismo do nitrogênio podem, entretanto, ser utilizados na síntese de antocianina (pigmento responsável pela cor vermelha/roxa dos vegetais), ocasionando o acúmulo deste pigmento. P (Fósforo) Funções: - Metabolismo basal - Síntese (fosforilação) Deficiência: - Perturbação dos processos reprodutores (floração retardada) - Enfezamento - Descoloração das folhas Os sintomas característicos da deficiência de fósforo incluem o crescimento reduzido em plantas jovens e uma coloração verde escura das folhas, as quais podem encontrar-se malformadas e conter pequenas manchas de tecido morto (manchas necróticas).Da mesma que na deficiência de nitrogênio, algumas espécies podem produzir antocianina em excesso, conferindo as folhas uma coloração levemente arroxeada. Em comparação com a deficiência de nitrogênio, a coloração púrpura gerada pela deficiência de fósforo não está associada a clorose, podendo as folhas, apresentar uma coloração roxa fortemente esverdeade. Sintomas adicionais incluem a produção de caules delgado e a morte das folhas mais velhas. A maturação da planta também poderá ser retardada. K (Potássio) Funções: - Efeito coloidal (promove hidratação) - Sinergismo com: NH4+, Na+ - Antagonismo com: Ca++ - Ativação de enzimas (fotossíntese, nitrato-redutase) - Osmorregulação (estômatos) Deficiência: - Balanço hídrico perturbado - Extremidades secas - Enrugamento das margens das folhas mais velhas - Apodrecimento da raiz Os primeiros sintomas vísíveis da deficiência de potássio é a clorose em manchas ou marginal, evoluíndo para a necrose, principalmente nos ápices foliares, margens e entre nervuras, estendendo-se posteriormente em direção à base. Como o potássio pode ser remobilkizado para as folhas mais jovens, esses sintomas aparecem inicialmente nas folhas mais maduras da base da planta. As folhas podem curvar-se e o caule deficiente em potássio é delgado e fraco, apresentando regiões internodais anormalmente curtas, acarretando o tombamento do indivíduo. Mg (Magnésio) Funções: - Regulação da hidratação (antagonismo com Ca++) - Metabolismo basal (fotossíntese, transferência de fosfatos) - Sinergismo com: Mn, Zn. Deficiência: - Crescimento enfezado - Clorose internerval das folhas velhas Um dos sintomas característicos da deficiência de magnésio é a clkorose entre as nervuras foliares, ocorrendo primeiro nas folhas mais velkhas devido a mobilidade deste elemento dentro do vegetal.. Se a deficiência é muito grande, as folhas tornanm-se amarelas ou brancas. Um sintoma adicional da deficiência de magnésio pode ser a abscisão foliar prematura. Ca (Cálcio) Funções: - Regulação da hidratação (antagonismo com: Ca+, Mg++) - Ativador de enzimas (amilase, ATPase) - Regulador do crescimento em extensão basal Deficiência: - Perturbação no crescimento por divisão (células pequenas) - Extremidades secas - Deformação das folhas - Crescimento das raízes prejudicado Sintomas característicos da deficiência de cálcio incluem a necrose das regiões meristemáticas jovens, como os ápices radiculares ou folhas jovens. A necrose em plantas de lento crescimento pode ser precedida por uma clorose generalizada e um curvamento, para baixo, das folhas. As folhas jovens podem parecem também deformadas. O sistema radicular de uma planta deficiente em cálcio pode apresentar-se acastanhado, curto e altamente ramificado. Pode haver redução severa no crescimento se as regiões meristemáticas da planta morrerem prematuramente. S (Enxofre) Funções: - Componente do protoplasma e enzimas Deficiência: - Semelhante a deficiência de N - Clorose intercostal das folhas jovens Muitos dos sintomas da deficiência de enxofre são similares aos da deficiência de nitrogênio, incluindo clorose, redução do crescimento e acúmulo de antocianinas. Tal similaridade deve-se a que ambos são constituíntes de proteínas. Entretanto, a clorose causada pela deficiência de enxofre aparece, em geral, inicialmente em folhas jovens e maduras, em vez de folhas velhas, como na deficiência de nitrogênio, porque, ao contrário do nitrogênio, o enxofre não é remobilizado com facilidade para as folhas jovens, na maioria das espécies. No entanto, em muitas espécies vegetais, a clorose por falta de enxofre pode ocorrer simultaneamente em todas as folhas ou até mesmo iniciar em folhas velhas. Fe (Ferro) Funções: - Metabolismo basal (reações redox) - Metabolismo do N - Sínteses da clorofila Deficiência: - Clorose internerval - Formação de gemas apicais suprimidas O sintoma característico é a clorose internervura. Ao contrário dos sintomas da deficiência de magnésio, no caso do ferro, tais sintomas aparecem inicialmente nasfolhas mais jovens porque o ferro não pode serprontamente mobilizado nas folhas mais velhas. Sob condições de deficiência extrema ou prolongada, as nervuras podem tornar-se cloróticas também, fazendo com que toda a folhatorne-se branca. Mn (Manganês) Funções: - Metabolismo basal (oxidases, fotossíntese, transferência de fosfatos) - Estabiliza a estrutura dos cloroplastos - Metabolismo do N - Síntese do ácido nucléico - Sinergismo com Mg, Zn Deficiência: - Inibição do crescimento - Clorose e necroses em folhas jovens - Abscisão das folhas Os sintomas associados a esta deficiência são a clorose internervura associada ao desenvolvimento de pequenas manchas necróticas, podendo ocorrer em folhas jovens ou maduras, dependendo das espécie vegetal e da taxa de crescimento. B (Boro) Funções: - Transporte e metabolismo de carboidratos - Metabolismo do fenol - Ativação de reguladores do crescimento (crescimento de tubos polínicos) Deficiência: - Perturbação do crescimento (necrose no meristema) - Reduzida ramificação das raízes - Necroses no floema - Perturbações da frutificação - Excessiva formação de cortiça Um sintoma característico da deficiência de boro é a necrose preta de folhas jovens e gemas terminais, ocorrendo nas folhas, principalmente na base da lâmina foliar. Os caules ficam anormalmente rígidos e quebradiços. A dominância apical pode ser perdida, tornando a planta altamente ramificada,tornando os ápices terminaisnecróticos devido a inibição da divisão celular. Podem apresentar anormalidades relacionadas a desintegração de tecidos internos. Cl (Cloro) Funções: - Efeito coloidal (aumenta a hidratação) - Ativação de enzimas (fotossíntese) Deficiência: - Enrolamento das folhas - Engrossamento das raízes Plantas deficientes em cloro desenvolvem murcha dos ápices foliares, seguida por clorose e necrose generalizadas. As folhas podem exibir crescimento reduzido, eventualmente assumindo umacoloração bronzeada "bronzeamento". Os íons cloretossão muito solúveis e geralmente disponíveis no solo porque a água do mar é carregada para o ar pela evaporação e transpoirtada pelo vento e distribuída pelo solo quando chove. Portanto, a deficiência de cloro é desconhecida nas planatas que crescem em habitats nativos ou agrícolas. Mo (Molibdênio) Funções: - Fixação do N (redutases) - Metabolismo do P - Absorção e translocação de Fe Deficiência: - Perturbação do crescimento - Escurecimento das margens das folhas Oprimeiro indicativo desta deficiência é a clorose generalizada entre as nervuras e a necrose das folhas mais velhas.. Em algumas espécies,pode não existir a necrose, mas asfolhas podem tornar-se retorcidas e morrer. Existe a possibilidade que a formação de flores seja inibida ou as flores podem cair prematuramente. Cu (Cobre) Funções: - Metabolismo basal (fotossíntese, oxidases) - Metabolismo do N - Metabolismo secundário Deficiência: - Extremidades secas - Enrolamento das folhas - Clorose em folhas jovens O sintoma inicial de sua deficiência é a produção de folhas verdes escuras, que podem conter manchas necróticas. As manchas necróticas aparecem primeiro nosápices das folhas jovens e então estender-se em direção a base da folha, ao longo das margens. As folhas podem também ficar retorcidas ou malformadas. Sob deficiência extrema, as folhas podem cair prematuramente. Zn (Zinco) Funções: - Formação de clorofila - Ativador de enzimas - Metabolismo basal (desidrogenases) - Degradação de proteínas - Biossíntese de reguladores de crescimento (AIA) Deficiência: - Descoloração das folhas mais velhas - Perturbações na frutificação A deficiência de zinco é caracterizada pela redução do crescimento internodal e, como resultado, o crescimento rosetado apresentado pela planta, no qual as folhas um agrupamento circular que se irradia do substrato ou próximo do mesmo. As folhas podem apresentar-se pequenas e retorcidas, com margens de aparência enrugada. Em algumas espécies as folhas mais velhas podem apresentar clorose internervuras e consequentemente desenvolver manchas necróticas brancas. Ni (Níquel) Funções: - Componente da urease (mobilização do N durante a germinação) - Catalisa a hidrólise da uréia em NH3+ + CO2 Deficiência: - Sintomas de deficiência pouco documentados. Plantas deficientes em níquel acumulam uréia em suas folhas e, em consequência, apresentam necrose nos ápices foliares. Chuck Amaral e Débora de A. Lage Referências: Cruiziat, P. and Richter, H. 2002. The cohesion-tension theory at work. www.plantphys.net. Essay 4.2 Fisiologia Vegetal - Lincoln Taiz e Eduardo Zeiger []'s
  25. 3 points
    Pra primeiro post fiz um soneto bem simples. Fiz ele agora aqui no pc e durante tive essa ideia de fazer essa parada aqui pra somar. Segue: Soneto Cannabico A cena do paradoxo da maconha Cometeram tamanha violência Que tornaram quem quer que seja Marginal escravo de sentenças Vivi sempre sob o estigma O que defendi ainda não havia ciência Faz bem pra mim, certeza Estou bem assim, me deixa Assinando um antigo 16 Eu me incluo na luta de todos vocês É causa justa desrespeitar essas leis Pois sinto um aveludado cheiro medicinal Fumaça que salva e eleva ao natural Nela eu me curo de todo o mal BudBrasil