Baixista da banda Ponto de Equilíbrio está preso

O baixista da banda de reagge Ponto de Equilíbrio, Pedro Caetano da Silva, de 29 anos, foi detido na manhã desta quinta-feira. A polícia chegou até o local após a denúncia de vizinhos, que informaram a respeito das plantas cultivadas no quintal do músico. Ele foi levado para da 75ª DP (Rio do Ouro). Apesar de afirmar que faz uso religioso da planta e que o colheita se destinaria apenas para uso pessoal, o baixista teve seus cabelos cortados e está mantido preso até o momento, sob acusação de tráfico, autuado pelo art. 33. da Lei 11.343.

Os advogados Gerardo Santiago, André Barros e o sociólogo Renato Cinco organizadores da Marcha da Maconha, estão concluindo a redação de uma petição que será encaminhada ao Ministério Público dos Estado do Rio de Janeiro solicitando a revisão da acusação de tráfico e que seja emitida imediatamente a Ordem de Soltura.

O Growroom está acompanhando o caso de perto e prestando orientação necessária com relação às especificidades técnicas de cultivo. Uma equipe do Growroom também está acompanhando os esforços para soltar o músico Pedro, registrando imagens em vídeos e fotos, coletando informações e entrevistas. Esperamos que em breve Pedro possa ver a justiça ser feita e tenha sua condição de usuário reconhecida. Vale lembrar que atualmente o art. 28 da Lei 11.343 veda a pena de prisão nos casos de cultivo para consumo pessoal, o que torna a prisão do músico ilegal e abusiva.

 

Assine a Petição pela Liberdade do Pedrada: CLIQUE AQUI

Acompanhe e discuta o caso no Fórum: CLIQUE AQUI

Conheça a Consultoria Jurídica do Growroom: CLIQUE AQUI