Diferença entre cultivo indoor e cultivo outdoor

Você já deve saber que é possível cultivar a própria maconha em dois ambientes: externo e interno. Mas sabe a diferença entre um cultivo indoor e um cultivo outdoor e como as características de cada um influenciam no desenvolvimento das plantas e claro no rendimento e na qualidade da sua colheita? Se ainda não cultiva, conhecer essas diferenças pode ajudar a escolher qual método optar.

Essa decisão pode envolver o espaço que você tem para cultivar, o investimento que está disposto a fazer ou até mesmo o resultado que espera obter ao colocar a mão na terra. Mas não se esqueça: o que importa mesmo é cultivar, pois com dedicação e um pouco de conhecimento sobre as necessidades das suas plantas, tanto em um cultivo indoor quanto outdoor, o resultado tem tudo para ser flores resinadas.

 

Investimento de um cultivo outdoor é menor

 

Qualquer uma das formas de cultivo vai exigir um investimento mínimo, seja de substrato, de vasos ou até mesmo de sementes, se você for optar por genéticas específicas ou já feminizadas, embora seja possível encontrar e selecionar sementes germináveis  no prensado. Porém, obviamente ao optar por um ambiente indoor que necessita simular a iluminação, ventilação e tudo que a planta encontra em um espaço externo os gastos com equipamentos certamente vão ser um pouco mais altos.

Nesse texto que dá dicas de como montar um grow outdoor ou indoor, nós listamos cada um dos itens que são indispensáveis para cada um e também para ambos e o que dá uma dimensão do investimento exigem. Mas mesmo que se gaste um pouco para tratar de pragas ou pesticidas em um ambiente externo, o investimento indoor sempre será maior embora tenha suas vantagens, como veremos a seguir.

 

Cultivo indoor permite maior controle

 

Outra grande diferença entre um cultivo indoor e um cultivo outdoor é a possibilidade de controlar o quanto de luz, escuridão ou ventilação que suas plantas estarão recebendo assim como a temperatura que elas vão estar, o que é provavelmente a principal vantagem de se cultivar em um ambiente interno. Assim é possível garantir que sua planta irá receber as 18 horas de iluminação no período vegetativo e exatas 12 horas no período de floração, que é o ideal.

Em um cultivo ao ar livre as plantas ficam suscetíveis ao clima externo, o que muitas vezes não permita que elas recebam a luminosidade necessária, além de ficarem expostas a fortes chuvas, rajadas de vento, ou até mesmo temperaturas excessivas em alguns casos. Tudo isso pode ser evitado em um cultivo indoor. Além disso, cultivar outdoor em algumas regiões do Brasil só é possível entre a primavera e o verão, quando o calor chega e os dias ficam duas mais longos. Neste texto tem dicas básicas para cultivar ao ar livre.

 

Pragas

A ocorrência de pragas também tende a ser maior em um cultivo outdoor, pois afinal as plantas devem passar dia e noite no mesmo local o que dependendo da região ou local pode trazer esse tipo de problemas. A chance de isso acontecer indoor é bem difícil, pois provavelmente suas plantas vão ficar em uma estufa, ou qualquer outro espaço fechado dentro de casa e, portanto, bem menos expostas a ácaros e outros pequenos problemas e pragas comuns na maconha. 

Cultivo de maconha outdoor.

Qualidade e rendimento: diferença entre cultivo indoor e cultivo outdoor

A maioria da maconha vendida nos dispensários em países em que o consumo está regulamentado é cultivada indoor. Então sabe aquela flor de Amnésia Haze, ou de OG Kush que você vê bem gordinha e suculenta em fotos, vídeos, ou até já teve a oportunidade de ver pessoalmente? Provavelmente ela foi cultivada em um ambiente interno enorme, e não em uma pequena estufa no quarto. Os custos com funcionários para um grande cultivo indoor é menor e a certeza de lucro é maior pelo motivo que falamos acima: é tudo controlado.

Embora ainda se encontre muita maconha cultivada ao ar livre, a certeza de que nenhuma praga vai atacar as plantas e a certeza de um crescimento uniforme diário, não dependendo da variação do clima, fazem com que o método indoor seja o preferido e certamente o mais recomendado para quem busca melhor qualidade e rendimento.

E não estamos aqui para dizer que cultivar outdoor diminui a qualidade de uma genética, mas ao controlar seu período corretamente, a temperatura ideal, e saber exatamente o tempo de iluminação que ela vai receber pode evitar erros, problemas, e trazer um rendimento maior justamente por ser tão preciso, e é isso que costuma fazer o indoor tão procurado.

Cultivo indoor de maconha

 

Segurança de um cultivo

Como cultivar maconha no Brasil ainda é crime, então a segurança é outro item importante para se levar em conta ao falar da diferença entre um cultivo indoor e um cultivo outdoor. Afinal, saber onde vão ficar suas plantas é essencial para a sua proteção, e coloca-las em um local discreto, seja internamente ou externamente deve ser lei, assim como não contar para ninguém seja elas crescendo dentro do seu quarto, ou no pátio de casa.

Tudo isso vai depender do espaço que você tem para cultivar, pois por mais que teoricamente um cultivo indoor seja mais seguro, já que ele não fica tão exposto e visível, se você não tomar conta com o cheiro instalando filtros de carvão ele pode se tornar um problema também, enquanto quem tem um pátio grande, ou com várias árvores pode cultivar tranquilamente muitas vezes.

Pra determinar qual o método mais seguro pense em todas as possibilidades que podem existir de alguém em algum momento ir até sua casa ou apartamento. Pense nas visitas que recebe, por onde elas circulam, onde seus vizinhos enxergam, e o quanto de cheiro suas plantas vão exalar. Só assim é possível decidir.

Vantagens de um cultivo indoor

Ao longo do texto você nós buscamos mostrar as principais diferenças entre um cultivo indoor e um cultivo outdoor, mas resumidamente quais as vantagens de cada um deles? Confira o que leva muitas pessoas a optarem por um cultivo indoor:

  • Controle total de temperatura, luminosidade e ventilação.
  • Menor ocorrência de pragas.
  • Mais seguro e discreto.
  • Promove um conhecimento maior sobre cultivo.
  • Pode render colheitas melhores por manter uma constante de temperatura/luminosidade, etc.

 

Vantagens de um cultivo outdoor

O cultivo outdoor também tem muitas vantagens, além de ser um pouco mais econômico. É um método mais roots podemos dizer, pois é como cultivar uma horta ao ar livre, lidando com as intempéries  climáticas muitas vezes, o que torna tudo ainda mais significante na hora da colheita. Veja algumas outras vantagens de um cultivo outdoor:

  • Menos investimentos.
  • Aprofunda seus conhecimentos sobre clima, terra, temperatura.
  • Plantas maiores já que não há limite para o crescimento.
  • Crescimento ao ar livre.

O que levar em conta na hora de tomar a decisão entre um cultivo indoor e cultivo outdoor:

  • Espaço
  • Verba para investimento
  • Motivo que está cultivando
  • Segurança
Conheça a Semana do Grower!