Como montar um grow para cultivo indoor ou outdoor

Se você já decidiu que 2019 será o ano em que vai começar a cultivar as próprias flores de maconha e largar de vez aquele prensado duvidoso, o próximo passo é saber como montar um grow para cultivo indoor ou outdoor.

Afinal, são necessários alguns equipamentos e cuidados para começar a cultivar tanto dentro de casa quanto ao ar livre, mas pode ficar tranquilo que montar seu grow não vai exigir grandes investimento se você optar por opções simples e seguir as dicas do Growroom.

Então, escolhe o seu modo de cultivo e vai anotando o que você vai precisar.

Escolha um local discreto e protegido

Não importa se o seu cultivo vai ser indoor ou outdoor. O seu grow deve ficar localizado em um local discreto, seguro e protegido, pois afinal de contas, plantar maconha no Brasil ainda é crime. Portanto, esse é o primeiro passo e talvez um dos mais importantes, pois não vai adiantar nada se você cultivar algo que não vai poder fumar, seja porque seu vizinho denunciou, algum prestador de serviço veio na sua casa e acabou observando demais, ou até mesmo um parente ou amigo espalhou a notícia para quem não devia.

Nós sempre falamos que o segredo do sucesso é o segredo e essa dica não costuma falhar. Guarde para si ou para o mínimo de pessoas possíveis essa experiência e não deixe suas plantas à vista para qualquer pessoa. Mesmo que seu cultivo seja indoor e numa parte isolada da casa, é muito importante tomar cuidado com o cheiro.

O que você precisa para montar um grow indoor

Se você está optando por começar um cultivo indoor, então deve estar ciente de que vai necessitar de mais equipamentos justamente pela necessidade de simular o sol e todo um ambiente externo para as plantas em um grow, além de também ter que tomar cuidado com o cheiro e outras questões técnicas.

Mas isso não significa gastos, pois é possível adquirir todos os itens abaixo e mesmo assim economizar fazendo tudo da maneira mais sustentável possível.  Mas uma coisa é certa: o seu grow vai precisar destes itens:

  • Estufa

Esse é o item mais importante de todos. Não importa se você vai utilizar um armário ou utilizar uma estufa de cultivo indoor própria para isso, algo que está em alta hoje em dia por facilitar o trabalho do grower, ou até mesmo um banheiro inutilizado. Entenda qualquer um desses como uma estufa, que é onde começa a montagem do seu grow.

Afinal, é nela que você vai colocar suas plantas, lâmpadas e exaustores. Se inicialmente você não vai investir numa estufa, não se esqueça de garantir luminosidade por todo o cultivo, assim como ventilação.

Estufa para grow indoor
  • Lâmpadas, Refletores, Reatores e Temporizadores

Vão ser as lâmpadas que irão simular a luz externa dentro do seu grow e portanto, elas são itens indispensáveis na hora de montá-lo. Hoje em dia os cultivadores utilizam diferentes modelos de lâmpadas e o número também vai variar conforme o tamanho do espaço do seu cultivo e o número de plantas que vão necessitar dessa iluminação. Porém costumamos recomendar o uso de lâmpadas:

HQI de vapor metálico no período vegetativo.

HPS de vapor de sódio no período de floração.

Já os refletores são importantes por propagar essa iluminação por dentro do seu grow, atingindo todas as plantas de forma igualitária, além de também impedir um contato tão direto e forte das lâmpadas com elas. No mercado você encontra refletores por um preço bem acessível, e que vão durar por muitas colheitas.

Você pode precisar ainda de um reator para ligar as suas lâmpadas, além de um temporizador que irá determinar quando elas devem ligar ou desligar. Isso é importante pois vai impedir que você se esqueça dos horários corretos para iluminação e escuridão do seu grow, e vai ser útil até quando você não estiver por casa para fazer esse trabalho manualmente.

Lâmpada e refletor em um cultivo indoor.
  • Exaustores

Exaustores também são importantes para um grow indoor, pois eles vão ser responsáveis por renovar o ar interno da sua estufa. Ou seja, ele vai fazer a entrada e saída do oxigênio necessário para as suas plantas, sempre renovando-o pois afinal elas não estão ao ar livre expostas ao vento constante.

  • Filtros de carvão

Um cultivo indoor não costuma deixar rastros, mas cheiros ele deixa muito. Afinal, você está com uma planta  ou mais plantas de forte odor em um ambiente fechado e principalmente quente e iluminado por lâmpadas e portanto é inevitável que dê para sentir de longe o cheiro de maconha proveniente delas lá na entrada da sua casa ou apartamento.

Mas isso só vai acontecer se você não utilizar os famosos filtros de carvão no seu grow. Eles filtram o cheiro interno para fora fazendo com que o cheiro costumeiro das plantas não seja percebido enquanto a sua estufa estiver fechada. Esse também é um investimento bem barato.

Itens para um cultivo outdoor, mas que também são obrigatórios em um grow indoor

Como falamos inicialmente, cultivar outdoor é mais simples pois não exige os equipamentos acima por uma questão óbvia: você não precisa simular nada pois sua planta está ao ar livre, e de preferência pegando bastante sol. Mas isso não quer dizer que um grow outdoor não exige alguns itens básicos que fazem parte de qualquer cultivo, inclusive do indoor.

  • Substrato

Muita gente costuma começar a cultivar maconha com terra preta normal, as mesmas utilizadas para outras variedades de plantas. Costuma dar certo, porém o ideal e mais saudável para as suas plantas é a escolha de substratos específicos para cultivo de maconha  , mas que como tudo que envolve jardinagem não vai custar quase nada.

Para um bom substrato para o seu grow você vai precisar basicamente de uma mistura destes itens:

  1. Perlita
  2. Turfa
  3. Vermiculita
  4. Fibra de Coco
Substrato para cultivo de maconha
  • Vasos

Você pode até cultivar as suas plantas de maconha direto no solo, porém caso aconteça algo e precise escondê-las isso vai ficar bem difícil. Por isso sempre recomendamos o uso de vasos em um cultivo outdoor, o ideal é que você vá trocando suas plantas de vaso ao longo do tempo conforme suas raízes vão crescendo.

O Growroom também sugere a utilização de vasos de feltro, e não de plástico, pois o feltro é uma espécie de tecido que permite melhor escoamento da água pela sua planta, além de permitir que as raízes e a planta cresçam de forma mais confortável e flexível.

Vasos de feltro para cultivo.
  • Medidores

Depois que você começar a cultivar e estudar sobre cultivo é provável que vai se interessar cada vez mais pela saúde das suas plantas e outro item que costuma ser barato, mas é muito útil são medidores seja de temperatura e umidade do solo, ou do ar do seu grow, da água, e também para uma boa rega com fertilizantes quando utilizá-los.

  • Fertilizantes

Se você quer ver um crescimento rápido e mais vigoroso das suas plantas, seja no período vegetativo ou na floração pode ser importante começar a estudar sobre os fertilizantes disponíveis no mercado, inclusive existem várias marcas que possuem produtos focados para cada uma das fases de cultivo. Fazer uso deles pode ser essencial para aumentar o rendimento da sua colheita, ajudando inclusive a engordar seus buds, ou fazer com que elas crescem mais e mais rapidamente.

  • Sementes

Não é possível cultivar sem semente, mas como já falamos não é preciso sementes “gringas” de genéticas específicas para começar o seu grow caseiro. As próprias sementes de prensado podem servir e aí neste post você aprende a selecionar as melhores sementes e germiná-las. Elas podem render ótimas flores!

Conheça a Semana do Grower!