Café e maconha: os cafés Mary 4:20 que harmonizam com cannabis


A maconha combina com muita coisa, porém uma mistura em especial é praticamente unanimidade entre muitos maconheiros: café com maconha. Embora teoricamente provoquem efeitos  opostos, já que a cafeína costuma acordar e o THC faz relaxar, uma mágica de sabores e sensações parece acontecer quando as duas substâncias se encontram. 

Aos poucos, com a flexibilização nas legislações sobre a maconha em alguns países, novos estudos vão surgindo que buscam entender os efeitos dessa interação entre café e cannabis no nosso corpo. Mais do que isso, pensando na delícia que é essa mistura, a jornalista e ativista Mônica Pupo lançou a Mary 4:20, primeira linha exclusiva de cafés selecionados para harmonizar com diferentes variedades de maconha, das strains Sativas às Indicas.

Grãos com terpenos selecionados 

Os grãos dos cafésMary420 foram selecionados nas melhores fazendas cafeeiras do Brasil. Todos são cafés do tipo especial 100% arábica bem diferente daqueles que estamos acostumados a tomar no dia a dia e todos eles possuem pontuação 84 na escala da Speciality Coffee Association (SCA), o que garante a qualidade de um café diferenciado. 

Além disso, pouca gente sabe, mas o café tem diversos terpenos assim como a cannabis, ou seja,  são diferentes substâncias que podem gerar uma infinidade de aromas e sabores, que na verdade são os mesmos encontrados em ambas as plantas: no café e na cannabis. Alguns deles são:


• Mirceno
• Limoneno
• Cafestol



Compre seu café Mary 4:20 com até 15% de desconto utilizando o cupom GRHS15


As variedades de cafés Mary:420 


Sativa
Origem: Sul de Minas Gerais.
Variedade: Catuaí Amarelo.
Altitude de cultivo: 1.300 metros.

Harmoniza com: Lemon Haze, Amnésia Haze, Colombian Gold, Tangie, Sour Diesel, entre outras.



• Indica

Origem: Sul de Minas Gerais.
Variedade: Catuaí Amarelo.
Altitude de cultivo: 1.300 metros.

Harmoniza com: Northern Lights, Blue Cheese, Blueberry, Purple Kush e outras Cannabis Indica.


• Haze

Origem: Cerrado de Minas Gerais.
Variedade: Catuaí Vermelho
Altitude de cultivo: 930 metros

Harmoniza com: Manga Rosa, Pineapple, Super Silver Haze, entra outras variedades.


• Kush

Origem: Cerrado de Minas Gerais.
Variedade: Catuaí Vermelho
Altitude de cultivo: 930 metros

Harmoniza com: OGKush, Purple Kush, Bubblegum, Critical Kush, e outras.


Sem THC, ainda…

Embora já seja realidade em  alguns países e estados americanos onde a maconha já está legalizada, os cafés com infusão de cannabis, e daí sim, com THC, ainda não são a realidade dos cafés Mary 4:20 justamente por serem produzidos em um país proibicionista como o Brasil. Portanto, eles são feitos somente para harmonizar com diferentes strains. Porém, quem sabe no futuro não possamos tomar esse mesmo café, mas com as variedades dando onda junto com ele. Seria irado demais, né? 


 

Conheça a Semana do Grower!