Província na Argentina deve ter o maior cultivo de maconha do mundo

0
1028

Pouco se ouve falar sobre a província de Jujuy, no Norte da Argentina. Cercada por montanhas e de clima seco, quase desértico, Jujuy está prestes a mudar essa realidade se tornar uma cidade referência, pelo menos quando o assunto for maconha. Recentemente o governo local anunciou uma parceria com a empresa americana Player’s Netowrk para sediar o maior cultivo de maconha medicinal do mundo.

Atualmente, a posse de maconha em pequenas quantidades para uso pessoal é descriminalizada no país dos hermanos, embora não seja permitido o cultivo e nem esteja regularizado o comércio. Já o uso medicinal para o tratamento de algumas doenças foi legalizado recentemente, garantindo o acesso a óleos de CBD, porém proibindo o cultivo próprio por pacientes até mesmo nestes casos. E é aí que entra o interesse do governo de Jujuy e desta multinacional.

 

Exportação de CBD

O objetivo do governador de Jujuy, Geraldo Morales, e do CEO da Green Leaf Farms Jujuy integrante da associação Player’s Network, Mark Bradley é abastecer toda a demanda interna de medicamentos à base de cannabis da Argentina, e ainda exportar CBD para outros países espalhados ao redor do mundo, se possível transformando a “maior plantação de maconha do mundo”, como eles mesmos prometem, na maior fonte de CBD.

Até agora, na América Latina, o governo chileno detém a maior plantação para uso medicinal da maconha, com mais de 6 mil pés para uso exclusivo de pacientes do país, e cultivados pelo próprio Governo.

 

Novas oportunidades para Jujuy

De economia rural, com uma população com forte descendência indígena, Jujuy deve ver um crescimento nas ofertas de trabalho com o início do projeto na região, e talvez iniciar uma nova cultura de cultivo com a cannabis, além de atrair turistas, jornalistas e investidores que vão querer ver de perto como uma plantação de maconha pode mudar a realidade de uma província.

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.