Plantar maconha em casa – 10 dicas para o seu cultivo

Estruturas ganham cada vez mais o mercado e o coração dos cultivadores

0
9880
Estufa de cultivo indoor

Já falamos aqui as vantagens de cultivar em estufas de cultivo indoor. As “barraquinhas” ganham cada vez mais espaço no mercado e agrada aos consumidores, que conseguem garantir o sucesso da colheita com a ajuda dessas estruturas durante o ano todo, independentemente da estação ou variações de temperatura.

Uma vez que você tenha em mãos uma estufa de cultivo indoor, é hora de começar a brincadeira. Mas algumas dicas podem te ajudar ainda mais a otimizar o seu espaço; confira

1 – Escolha o melhor lugar para a sua estufa

O ideal é que o cultivo tenha um lugar demarcado na sua casa. Como as plantações costumam durar alguns meses, é importante não ficar mudando a estrutura de posição, até para evitar acidentes ou estresse às suas plantas. Mas como determinar onde ela ficará? Como ligações elétricas são necessárias (lâmpada, exaustão, ventilação), o ideal é que a área seja de fácil acesso à energia. As suas plantas precisam ser regadas constantemente, então o recomendável considerar uma fonte de água perto. Para evitar incêndios, evite colocar a barraca em carpetes, pisos de madeira e próxima de cortinas. As suas plantas precisam da sua atenção, então evite ao máximo colocar a barraca em um lugar de difícil acesso e apertado, porque isso dificulta o seu cuidado com elas.

2 – Tenha um espaço reservado para seus suprimentos e equipamentos

Além da barraca, você usará em seu cultivo alguns suprimentos e equipamentos. Tente reservar uma caixa ou armário para organizar todos esses produtos (fertilizantes, jiffys, vasos, substrato, tesourinha). Assim, além de centralizar tudo em um único lugar, você evita que a sua casa fique desorganizada e aquele produto te deixe na mão bem na hora que você precisar dele.

Ebook Guia de Cultivo Growroom

EBOOK GRATIS 

GUIA DE CULTIVO GR

3 – Considere o uso de duas barracas de cultivo

Se você tiver espaço e uma folguinha no orçamento, considere usar duas barracas de cultivo ao invés de uma. Assim, você aumenta a versatilidade ao cultivar plantas de foto períodos diferentes, já que a iluminação das barracas pode ser programada através do timer (enquanto algumas plantas estão em período vegetativo, outras estão na floração). Além disso, ter dois locais para o cultivo aumenta consideravelmente o rendimento da sua colheita.

cultivar cannabis em casa

4 – Mas não se desespere: uma tenda grande também te serve bem

Se você não puder ter mais de uma barraca, fique despreocupado: uma grande é capaz de te servir bem. O controle acaba sendo mais fácil quando todas as plantas têm a mesma idade e a colheita pode ser feita de uma única vez. Algumas técnicas de cultivo são mais adequadas para jardinagem de barraca única, como a de filme de nutrientes (NFT) e outros métodos hidropônicos.

5 – Pesquisa antes de comprar a sua estufa

Como existem diversas marcas no mercado, pesquisar a resistência e qualidade da sua barraca de cultivo é um ponto crucial para que você não tenha dor de cabeça e não perca dinheiro e tempo. Se tiver chance de ir a algum lugar para ver barracas pessoalmente (mesmo que depois você efetue a compra pela internet), verifique o tecido, a estrutura, o zíper frontal. Mas se não tiver nenhuma loja acessível, pesquise as avaliações dos clientes ou pergunte para conhecidos. Não existe milagre e muitas vezes o barato sai caro, então se desconfiar do preço de alguma barraca, não compre.

6 – Fique atento com a ventilação

Toda barraca de cultivo possui aberturas para que você consiga passar cabos, sistema de ventilação e irrigação. Verifique se as aberturas da sua tenda são compatíveis aos seus planos de ventilação, mas se não forem, cortes podem ser feitos para modificar a maioria das barracas.

7 – Tenha luzes compatíveis com o tamanho da sua barraca

A luz é determinante para o sucesso do seu cultivo, então você precisa de luminárias com tamanho compatível ao da sua barraca. Luz de menos atrapalha o desenvolvimento das plantas, mas luz em excesso pode sobrecarregar a capacidade de resfriamento e causar estresse nas plantas, ou até mesmo matá-las. É comum usar uma única lâmpada em tendas de tamanho pequeno e médio.

8 – Leia o manual da sua barraca

Assim como um eletroeletrônico, as barracas de cultivo possuem um manual de instruções. Ao montar a sua estrutura, disponha de tempo o suficiente para ler o manual, evitando erros e dor de cabeça. Apenas uma pessoa consegue montar a estufa, mas se tiver uma ajudinha de alguém, duas mãos trabalham melhor que uma.

9 – Compre medidores

A estufa de cultivo indoor acaba sendo um espaço mais suscetível a mudanças constantes de temperatura e umidade. Por isso, um termômetro e medidos de umidade te ajudam a indicar quando são necessárias medidas adicionais de controle sobre o seu espaço.  Além de eficientes, os medidores são seus companheiros por controlarem o seu cultivo quando você não está presente para observá-lo. Se a umidade for muito alta, a condensação no topo da tenda pode acumular e molhar o equipamento, além de estimular o crescimento de fungos. Já os baixos níveis de umidade criam um ambiente bom para proliferação de ácaros, além de causar a desidratação das plantas.

10 – Compre alguns mosquetões

Você consegue encaixar os “ganchos” (hangers) nas hastes de sustentação do teto da sua barraca. Geralmente encontrados em growshops, são versáteis e práticos, porque podem ser facilmente colocados ou removidos da sua estrutura e servem para pendurar os medidores e equipamentos em geral.

Agora com essas dicas, ficou ainda mais fácil optar por uma barraca de cultivo, certo? Você pode começar aos poucos e melhorar a sua estrutura à medida em que o tempo for passando, sem desesperos. O fundamental é que você dê o primeiro passo e comece a cultivar. Boa sorte e boa colheita!

 

Deixar um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.