32 dicas para regar sua planta

Um dos maiores erros dos cultivadores iniciantes é matar a planta por excesso de água, ou pela falta dela. Confira as dicas do Growroom na hora de regar:

0
5250
regar

A rega é um dos cuidados básicos que o cultivador deve ter frequentemente com sua planta. Mas muitas vezes há dúvidas de como regar, qual o melhor horário, qual a quantidade de fertilizante ideal.

Veja a seguir, 32 dicas postadas pelo membro Metalhead no fórum do Growroom:

1. Depois que a semente foi plantada e a terra bem regada, você não precisa de água novamente por alguns dias.

2. A quantidade de água, e quantas vezes você deve regar varia de acordo com o tamanho dos vasos, plantas, temperatura e a quantidade de luz. Um bom parâmetro, é você sentir o peso do vaso. Acostume-se com o o peso quando o vaso estiver totalmente regado e sinta novamente quando as plantas começarem a murchar por falta de água.

3. Quando as plantas são pequenas elas transpiram menos, e não necessitam de regas tão freqüentes como quando elas são maiores e com mais folhas.

4. Quando a mudinha apenas apareceu acima do solo, é preciso regar com muito cuidado para que a força da água batendo na planta não a movimente no solo. Coloque água na terra e não diretamente na muda.

5. Água fornece o hidrogênio necessário para o crescimento da planta e também transporta os nutrientes para as raízes. Se a terra ficar muito seca, os sais provenientes dos fertilizantes podem ficar acumulados e queimar as folhas.

6. Plantas de cannabis preferem um ciclo de rega regular, mas não deve ser regada todos os dias.

7. Embora a teoria de que quanto mais água é dado para uma planta, mais rápido ela vai crescer seja incorreta, pouca rega vai desacelerar o crescimento das plantas.

8. Embora a cannabis ame muito a água, a causa mais comum de morte em plantas de cultivos caseiros é de overwatering (excesso de água).

9. Um vaso grande que seja saturado de água antes da germinação pode manter a umidade suficiente para as primeiras duas a três semanas de crescimento.

10. A água ideal para suas plantas deve ter um pH levemente ácido (6.3 é o ideal) e relativamente livre de cloro e outras substâncias químicas nocivas (recomenda-se água filtrada ou mineral).

11. Se a água é rica em produtos químicos, a melhor solução é deixar a água descansar em um recipiente aberto por alguns dias antes do uso (evapora o cloro).

12. Gotejamento é uma forma eficaz de manter sua planta sempre hidratada.

13. Acredita-se que as plantas crescem melhor se você regá-las durante a manhã, em vez de à noite.

14. É sempre melhor usar água à temperatura ambiente do que a água quente ou fria, para evitar “choque térmico” do sistema radicular.

15. Cloro demais na água da torneira tende a deixar o solo um pouco ácido, e pode ter que ser equilibrada, acrescentando algum cálcio (calcáreo).

16. Nunca permita que o solo se torne muito seco, mas nunca permita que ele esteja sempre molhado também, pois isso certamente apodrecerá as raízes.

17. Embora a água destilada ou fervida não ser prejudicial às suas plantas, ela não contém certos minerais benéficos para um bom crescimento.

18. Plantas com fotoperíodo longo de luz diária (maior que 16 horas) vão transpirar mais e exigir regas mais freqüentes do que as plantas crescidas com um período mais curto de luz.

19. As plantas murchas que ficaram sem rega durante vários dias ainda podem ser salvas se forem regadas imediata e completamente.

20. Um bom sinal para molhar suas plantas é quando os cinco ou seis centímetros do solo no vaso secaram completamente. (Você pode enfiar um palito daqueles de churrasco no canto do vaso, para verificar isso. Se o palito sair borrado de barro, a terra esta úmida o suficiente, senão é hora de regar de novo)

21. Se suas plantas começam a perder folhas mais do que o normal, pode ser que você esteja colocando água demais.

22. É melhor usar um regador com um top por aspersão do que um com um fluxo sólido, para evitar a movimentação do solo.

23. Sempre coloque água no vaso por cima, ao invés de encher a bandeja por baixo e deixar que a planta sugue a água.

24. Considerando que uma pequena planta que cresce em um grande vaso irá necessitar apenas de rega semanal, uma planta grande que cresce em um pequeno vaso pode exigir rega diária.

25. Tem sido sugerido que limitar a rega durante a floração, pode influenciar positivamente a potência da planta.

26. Durante a floração, você deve verificar quanto tempo após ter regado suas plantas elas começam a murchar, e depois molhá-las com essa regularidade (dependerá do tamanho do vaso).

27. Verifique sempre o pH do seu abastecimento regular de água para determinar o seu efeito a longo prazo sobre o solo e plantas em crescimento.

28. Ao molhar manualmente cada vaso, algumas plantas crescem mais rapidamente do que outras. Por isso, é geralmente preferível o uso de sistemas de gotejamento automático.

29. A água da chuva muitas vezes contém nitrogênio e outros elementos, o que a torna uma excelente fonte de água para plantas de cannabis. (água mineral também é excelente).

30. Cannabis prefere um solo bem drenado, de modo que você não deve ficar preocupado se um pouco de água atravessa o pote e cai na bandeja abaixo.

31. Tenha paciência na hora da rega, não jogue água de uma vez pois se formam canais (mini rios) dentro da terra indo direto pra bandeja. Coloque aos poucos e pausadamente para que a terra absorva bem.

32. Manere no fertilizante, menos é mais! Comece com a metade da medida indicada pelo fabricante, e vá compreendendo como o produto funciona na planta. Aumente gradativamente a dose, mas muito cuidado para não exagerar.

Deixar um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.