7 artistas psicodélicos que você deveria conhecer

A arte psicodélica (ou arte visionária) é uma vertente do surrealismo que surgiu nos anos 60, na esteira do movimento hippie e da contracultura. A principais características desse movimento são a crítica ao capitalismo e a busca por transcender o mundo físico, relatando experiências espirituais e místicas.

Assim como o surrealismo, a psicodelia também busca desvendar os mistérios do subconsciente humano. No caso da arte psicodélica, pelo uso de substâncias psicotrópicas (como o LSD) para chegar à estados de consciência que a mente não conseguiria alcançar sozinha, abrindo os campos onde os sentidos convergem uns com os outros.

Selecionamos as obras mais marcantes dos maiores artistas da arte psicodélica. As imagens falam por si, confira:

1. Alex Grey

Alex Grey é provavelmente o nome mais conhecido da arte espiritual e psicodélica. Transcendência, morte e o corpo humano são os temas mais marcantes em sua obra, buscando uma contemplação perfeita entre corpo, mente e espírito. Grey é praticante da Vajrayana, uma espécie de extensão do budismo, e seus trabalhos se estendem a uma variedade de formas, incluindo performance, instalações, esculturas e pinturas.

2. Robert Venosa

O realismo fantástico das pinturas de Robert Venosa já fez parte das coleções de museus, artistas e aristocratas europeus. O artista americano começou sua carreira nos anos 60 e, além de pintor, era escultor e diretor de arte no cinema.

3. Brahma Templeman

Esse artista inglês tem mais de 40 anos de carreira já viajou o mundo acompanhando o músico Raja Ram e de sua banda de rock psicodélico Quintessence. Sua obra chama atenção pelo uso de cores fluorescentes para retratar antigas civilizações.

4. Cameron Gray

Formado em Design Gráfico, o artista digital cria cenas sobre a transcendência humana, inpirado por outros visionário, como Alex Grey. Sua obra foi exposta em vários festivais de música e artes pelo mundo todo.

5. Jonathan Solter

A arte de Jonathan Solter retrata civilizações antigas, viagens multidimensionais e animismo. O artista vive nos arredores de San Francisco, na Califórnia e cruza os Estados Unidos apresentando suas obras.

6. Pablo Amaringo

A obra do peruano Pablo Amaringo reflete suas experiências com a Ayahuasca, bebida alucinógena feita com plantas da região amazônica. Amaringo, que conheceu a Ayahuasca aos dez anos de idade, foi vegetalista, curandeiro, pintor e fundador de uma escola de arte visionária, a Usko-Ayar. O artista retrata em suas pinturas as viagens cósmicas, processos de cura, a amazônia e o cotidiano dos rituais da Ayahuasca.

7. Amanda Sage

A americana de 37 anos é um dos nomes mais promissores da nova geração a arte psicodélica. Segundo ela, suas obras são “ferramentas para o desenvolvimento e transformação pessoal, espiritual e planetário”.

 

Conheça a Semana do Grower!