Maconha pode aliviar stress pós-traumático, diz estudo

Uma pesquisadora israelense demonstrou que a maconha pode aliviar os sintomas de Transtorno de Stress Pós-Traumático, que afeta entre 10% e 30% das pessoas que tiveram alguma experiência traumática – acidente, estupro, guerra ou ataque terrorista, entre outros.

A professora Irit Akirav, do Departamento de Psicologia da Universidade de Haifa, submeteu dois grupos de camundongos a pequenas descargas elétricas; um dos grupos recebeu maconha sintética diretamente no cérebro, na região ligada à memória emocional. Os pesquisadores concluíram que o cérebro dos animais que receberam a droga não liberou um hormônio do stress que o corpo normalmente processa como reação a um trauma. As pessoas que sofrem do transtorno apresentam um nível anormal desse hormônio.

“O resultado da pesquisa deve encorajar a investigação psiquiátrica sobre o uso de canabinóides em pacientes com transtornos pós-traumáticos”, diz Akirav. Hoje, já é consenso na comunidade médica que a maconha tem efeito terapêutico em determinadas circunstâncias – pode, por exemplo, aliviar dores de pacientes com câncer.

Mais informações constam no site da intituição: http://www.israel21c.org/health/marijuana-could-alleviate-symptoms-of-ptsd

Conheça a Semana do Grower!